Critica por favor o meu elevado ego

30/12/2014

Apontamento (6)

apontamento, prosa — João Oliveira @ 02:30

No fundo, acho que fomos vítimas das nossas próprias circunstâncias. Tu da tua desconfiança em relação a que mais a vida tem guardado para ti e eu da minha impaciência para com quem não tem a coragem necessária para ultrapassar os próprios medos.

Daí a saíres da minha vida foi um pequeno passo: não porque quiseste ultrapassar um medo que voltou a aparecer na tua vida mas sim por não quereres enfrentá-lo.

Eu também gostava que os meus problemas desaparecessem de sábado para quarta-feira. Mas não desaparecem. É assim a vida.


anterior: Desalinhados | seguinte: Os olhos a sorrir (1)

2 comentários to “Apontamento (6)”

  1. Cuca Says:

    Diz-me, como se faz o luto de alguém que ainda está vivo…

  2. Telma Says:

    Brilhante!!

Leave a Reply