Critica por favor o meu elevado ego

14/01/2020

Novamente

poesia — João Oliveira @ 19:08

Às vezes

Ter o mundo
ao contrário
não basta para ficar

Mas depois

Ela deixa-se
adormecer
nos meus braços

Indefesa

Agarra-me
em sobressalto
quando os sonhos são sombrios

Beijo-lhe a fronte
aconchego-a

E entrego-a novamente
à serenidade de quem passa
pela vida a cantar

E o mundo
torna a girar
e a fazer sentido

Novamente

um comentário to “Novamente”

  1. joana | Critica por favor o meu elevado ego escreveu:

    […] mas ela não precisa de mim. não precisa que eu olhe por ela enquanto dorme, porque é mulher, e irrita-a solenemente que eu apenas escreva sobre ela quando está a dormir [1][2][3]. […]

deixar um comentário