Critica por favor o meu elevado ego

27/08/2011

rascunho (9)

prosa, rascunhos — João Oliveira @ 16:56

«há anos dir-te-ia sim até sou esse tipo de gajo. mas hoje digo-te não, não quero. noites há em que até apetece mas é nessas alturas que tenho de ser mais forte do que eu mesmo e lutar contra mim próprio.

não estou muito para aí virado, sinceramente. estou bem como estou, a sério. é coisa de que não preciso, não quero, nem ando à procura.

é como te disse, se fosse há uns anos a conversa seria outra. mas acho que crescer é mesmo isto, é ter a oportunidade e dizer não, poder escolher.

não estou a fazer isto por ninguém a não ser por mim mesmo. não há ninguém por quem esteja perdidamente apaixonado e por quem esteja a fazer este sacrifício. esse tempo já passou, não vale a pena. a experiência diz-me que as pessoas não valem a pena. só tenho de provar a mim próprio que sou melhor do que aquilo penso.

se alguém me quiser que lute por mim — e não estou a fazer-me difícil. só quero que cheguem ao pé de mim e me digam “gosto muito de ti e não quero magoar-te”. neste momento é tudo o que mais importa».


anterior: a primeira vez | seguinte: rascunho (11)

Leave a Reply