Critica por favor o meu elevado ego

04/09/2011

rascunho (11)

prosa, rascunhos — João Oliveira @ 15:05

aproveitando que estava distraído e num assomo de vontade e paixão ela agarrou-o pela face, puxou-o para si e tentou beijá-lo. apanhado desprevenido, ele apenas teve tempo de virar a cara.

«porque não me deixas beijar-te?», perguntou ela com o desapontamento espelhado na cara.

«nesta relação, sou eu quem rouba os beijos. sempre fui e é assim que vai continuar a ser. mas podes continuar a tentar, pode ser que consigas», respondeu-lhe com um sorriso.


anterior: rascunho (9) | seguinte: confissões (5)

Leave a Reply