Critica por favor o meu elevado ego

14/04/2011

prioridades

prosa — João Oliveira @ 17:00

ninguém muda por ninguém, por mais genuíno que seja esse desejo ou por muito que o queira fazer. o que faz é alterar comportamentos para agradar ao outro. com o tempo, torna-se difícil manter esse comportamento artificial, voltando gradualmente aos vícios antigos.

uma relação em que se passa mais tempo a tentar fazer com que funcione ao invés de se desfrutar do outro — em qualquer acepção do verbo — está condenada desde logo ao fracasso. e eu já senti o que isso custa.

com o tempo, vais percebendo que o que retiras de uma relação pode não ser suficiente para contrabalançar as preocupações os contratempos e as discussões.

só tu podes saber se vale a pena.

mas acima de tudo só tu é que tens o poder de seres feliz.


anterior: exílio | seguinte: dói-me tudo

Leave a Reply