Critica por favor o meu elevado ego

26/09/2011

by the rules

prosa — João Oliveira @ 14:38

não há hora marcada para a escrita. ela surge num assomo e eu apenas obedeço. é assim que funciona. eu e ela temos um acordo. enquanto eu o respeitar ela vem mas sem se anunciar. é quase uma maldição. não o saber escrever mas o que me impele a escrever.

da mesma maneira que não faz sentido perguntar-me em que estava a pensar ou o que estava a sentir quando escrevi determinada palavra ou construí esta ou aquela frase. a escrita não é uma coisa passível de ser explicada por muito que haja a mórbida curiosidade do leitor de querer compreender tudo mesmo o que está para lá da compreensão do autor.


anterior: não | seguinte: olha, nem eu

Leave a Reply