Critica por favor o meu elevado ego

28/12/2011

velha glória

ensaio, poesia — João Oliveira @ 04:00

a minha velha glória
podia ser contada numa breve história
sem grandes dons de oratória
de paixão ambulatória
de dor expiatória
e dificuldade respiratória
que não foge à tua convocatória
tal a vontade inflamatória
de consequência insatisfatória
e sensualidade provocatória
desta experiência sensória
deixando de lado a vida acessória
autêntica linha divisória
de uma vida cheia de culpa recriminatória
e cumplicidade incriminatória
alucinação exploratória
de sensação aleatória
que termina sem queixa acusatória
despedida recompensatória
nem festa em conservatória
numa conclusão revogatória
de leitura pouco obrigatória
sem direito a audição interrogatória


anterior: de forma clara | seguinte: confessions of a guilty conscience

Leave a Reply