Critica por favor o meu elevado ego

11/05/2012

todos os dias

poesia — João Oliveira @ 18:42

não sei saber se tu gostas de mim
ou se queres sequer gostar
nem sei ler os sinais que não sei se me envias
e eu sei lá se pensas em mim a cada momento que respiras
porque tu não sabes que é assim que eu vivo
contigo no pensamento e no coração
levo-te comigo na alma
todos os dias
é algo que não tem expressão

és tu o plural de mim
um nós que gostava de fazer nascer

e aqui me confesso
com a lua a olhar-nos
e as estrelas como testemunhas
eu não sei viver sem ti
mas tento sobreviver
todos os dias
na lonjura desta saudade que consome
e eu não sei matar esta fome
de querer estar contigo

todos os dias


anterior: rascunho (17) | seguinte: o sorriso

Leave a Reply