Critica por favor o meu elevado ego

03/01/2011

resoluções (1)

poesia — João Oliveira @ 00:44

vai vivendo a bestialidade na noite dos meus olhos (…). serei vitória um dia hegemonia de mim e tu nem derrota nem morto nem nada. (…) e mais do que isto ainda mais. hei-de ser a mulher que tu gostes hei-de ser ela sem te dar atenção. ah que eu sinto claramente que nasci de uma praga de ciúmes. eu sou as sete pragas sobre o nilo e a alma dos bórgia a penar!

:: almada negreiros – a cena do ódio


anterior: rascunho (2) | seguinte: porquê?

Leave a Reply