Critica por favor o meu elevado ego

03/12/2011

intento

brincadeiras com as palavras, exercício, poesia — João Oliveira @ 02:07

passa tanto tempo
até chegar aquele momento
em que sopra o vento
e o meu coração salta um batimento
num assomo violento
e eu não sei se experimento
ou se apenas invento
este pequeno fragmento
de sentimento
tão sedento
e o maior sofrimento
é este advento
porque o meu coração não é isento
e expressa-se neste lamento
que é o instrumento
por que tento
superar o comprimento
desta distância fria como cimento
nublada pelo céu cinzento
que só termina com o teu reconhecimento
num leve cumprimento
e eu ciumento
não disfarço o meu aborrecimento
se não vislumbro o elemento
que dita este nosso lento
afastamento


anterior: testamento | seguinte: de forma clara

Leave a Reply