Critica por favor o meu elevado ego

07/06/2013

inconfissões

ensaio, exercício, poesia — João Oliveira @ 00:35

há um sentimento que não confesso
mas tu adivinhas
e sabes

perguntas que queimam a língua
mas que guardo para mim

arranham a garganta
perturbam a mente
corrompem a alma
espetam fundo o coração

e és como o vinho

sobes à cabeça
soltas as perguntas
aclaras a voz
acalmas a mente

aqueces o corpo
o coração
e renovas a alma

mas
se abuso
gosto
demasiado
e caio


anterior: my threshold | seguinte: da profundeza (2)

2 comentários to “inconfissões”

  1. Ana Morais Says:

    Confesso-me, impressionada!

  2. João Oliveira Says:

    muito obrigado 🙂

Leave a Reply