Critica por favor o meu elevado ego

04/11/2012

exercício (2)

ensaio, exercício, poesia — João Oliveira @ 02:23

a cidade está deserta
mas alguém apagou os sinais
que me levavam de volta a casa
para junto de ti, de mim, de nós
em todo o lado a tua ausência que me grita
ora violenta, ora demente
para me lembrar que tu não voltas
antes de chegar o fim de tudo


anterior: desânimo | seguinte: da profundeza

2 comentários to “exercício (2)”

  1. nando Says:

    estavas a ouvir ornatos?

  2. João Oliveira Says:

    sim, deu-me para brincar com as palavras e foi isto que saiu.

Leave a Reply