Critica por favor o meu elevado ego

07/10/2011

ensaio sobre o ódio

apontamento, ensaio, exercício, prosa — João Oliveira @ 21:21

não consigo compreender essa tua necessidade de fazeres a cabeça a toda a gente que conheces contra mim apenas porque não consegues evitar destilar todo esse ódio despropositado que em ti desperto e que nunca soubeste ou quiseste explicar-me.

da mesma maneira que não entendo porque precisas de falar mal de mim só para bateres o couro a uma gaja em quem eu não estou sequer interessado.

nem tenho culpa de que a tua namorada apenas esteja contigo para poder estar perto de mim sempre que vamos beber uns copos.

finalmente, super-ego? isso é dizer pouco.


anterior: porque não | seguinte: rascunho (13)

Leave a Reply